Qual o melhor revestimento pra banheiros?

Na hora de escolher o estilo de seu banheiro, a escolha dos materiais dos revestimento vão ter muita influência. Escolhidos de acordo com o estilo da decoração, o tipo de uso do banheiro e o gosto pessoal do morador, são diversas as opções para revestir.

De pisos comuns, passando por porcelanatos polidos aos modelos que simulam madeira e cimento às pastilhas diferenciadas, cortiças, pedras naturais ou sintéticas, resinas, espelhos e mais o que a criatividade mandar. Banheiros passaram a ser donos de personalidade própria e viraram espaço importante na decoração.

Vamos falar um pouco sobre cada opção:

Azulejos: Os mais tradicionais revestimentos para banheiros, os azulejos vem em vários tipos e tamanhos e, se a parede estiver pronta para recebê-los, normalmente são os revestimentos mais econômicos. Podem ser combinados de tantas maneiras que o fato de ser econômico não significa que não podem ser graciosos no banheiro.

Banheiros com azulejos podem ficar muito charmosos

Banheiros com azulejos podem ficar muito charmosos

Mármores e granitos: polidos ou rústicos, as diversas pedras de mármore ou granito podem ser utilizados em banheiros, idealmente em revestimentos. Com o tempo, o mármore pode se tornar poroso e por isso não devem ser utilizados em áreas que recebem incidência direta de água – como por exemplo dentro do boxe. Funcionam bem para quem gosta de um estilo mais clássico, mas hoje em dia pode ser substituído com louvor por peças bastante nobres de porcelanatos.

Banheiro revestido com pedras rústicos

Banheiro revestido com pedras rústicos

Pedras sintéticas: Opções como marmoglass, nanoglass, silestone ou limestone são indiscutivelmente sofisticadas. A escolha das cores e dos padrões pode ser selecionada na compra, criando diversos efeitos. São revestimentos mais caros mas extremamente duráveis.

Silestone nos revestimentos modernos

Silestone nos revestimentos modernos

Pedras sintéticas dão ar sofisticado

Pedras sintéticas dão ar sofisticado

Resina: A resina permite criar efeitos diferentes. Ao mesmo tempo que pode ser utilizada para criar uma sensação neutra no banheiro, quando aplicada em uma cor sólida e uniforme nos pisos e paredes, ela pode ser o centro das atenções quando em cores chamativas ou com efeitos decorativos. A maior vantagem é seu efeito autonivelante e a possibilidade de uso em diversas superfícies, facilitando a instalação.

Banheiro fica neutro com revestimento de resina

Banheiro fica neutro com revestimento de resina

Granilite: A granilite é uma mistura de resina e resíduos de granito. Possuem efeito interessante, não tem emendas e são extremamente duráveis. Podem ser polidos ou ásperos (os chamados fulget) e com diversas opções de cor.

Revestimento de granilite para o banheiro

Revestimento de granilite para o banheiro

Porcelanato: O porcelanato ganhou mercado e hoje é hegemônico em banheiros. Utilizado no piso ou na parede, é o material com mais opções no mercado. Desde os que imitam outros revestimentos, como os ladrilhos hidráulicos, madeiras de demolição, cimento queimado, mármores até aqueles de aspecto mais clássico, como os de cor sólida e polida. Retificados, criam unidade no visual do revestimento.

Revestimento de granilite para o banheiro

Revestimento de granilite para o banheiro

Cimento queimado: Cimento queimado tem ganhado espaço nos banheiros modernos. O ar rústico ou industrial vai de como ele será combinado com os outros elementos. Se bem feito, é econômico e duradouro. O único cuidado é a manutenção e a instalação que deve ser feita de modo a evitar trincas.

Banheiro revestido com cimento queimado

Banheiro revestido com cimento queimado

Pastilhas: De vidro ou cerâmica, as pastilhas são outro elemento recorrente. Também possuem vários preços e opções, e criam ambientes sofisticados ou divertidos, de acordo com o tipo de peça escolhida. Em termos de cuidado e instalação, são bastante similares aos azulejos e porcelanatos, sendo, no entanto, um pouco mais exigentes em relação aos espaços de rejunte que aparecem muito mais.

Banheiro com revestimento de pastilhas

Banheiro com revestimento de pastilhas

Papel de parede: Já existem no mercado os chamados papéis de paredes impermeáveis, prontos para revestir banheiros e áreas com muita umidade. São mais caros que os papéis convencionais, mas são resistentes à ação da água. Não são recomendados porém dentro das áreas do boxe onde recebem água de maneira muito incisiva.

Banheiro revestido com papel de parede

Banheiro revestido com papel de parede

 

Cortiça no revestimento de pisos e paredes

As folhas de cortiça são populares como material de isolamento, uma vez que utilizam as propriedades naturais da cortiça para um melhor proveito. A cortiça oferece isolamento superior de desempenho e tem ampla aplicação em muitos aspectos da indústria da construção. As placas de isolamento de cortiça são utilizadas como isolamento e invólucro exterior, podem ser integradas em ambos os sistemas de parede como em sistemas de telhado.

Banheiro com revestimento de cortiça

Banheiro com revestimento de cortiça

O papel da cortiça em seu ambiente natural é a de proteger o sobreiro das alterações de temperatura e de regular as condições de umidade e calor. Esta função como uma camada de isolamento é suportada pela estrutura celular da cortiça em favo de mel. A cortiça é um material orgânico, leve e mostra um desempenho superior para isolamento térmico e acústico. Mesmo sob condições extremas, as folhas de isolamento de cortiça não formam pontes de calor. Além disso são hiporalegênicas.

Cortiça pode ser instalada facilmente, por colagem ou fixação mecânica. Sendo um material macio, as folhas de cortiça podem ser cortadas facilmente de diferentes formas.

Cheia de vantagens, né? Mas uma coisa que pouca gente sabe é que a cortiça pode sim ser utilizada em banheiros. Deixando efeito sofisticado e de fácil instalação, podem ser aplicadas diretamente no concreto ou mesmo colada sobre os azulejos. Apenas se recomenda o uso de água incisivo em cima da peça, ou seja, esqueça a aplicação dentro do box.

No entanto, considere usar a cortiça  para as áreas menos molhadas e ganhe uma mudança fácil, econômica, sustentável e ainda por cima sofisticada para seu banheiro.

 

Diferença entre porcelanatos e revestimentos retificados e bold

Porcelanatos, pisos e revestimentos podem ser retificados ou bold. A diferença entre eles irá determinar a forma como eles serão aplicados e como ficará o acabamento. Vamos entender as diferenças entre os dois tipos de produto.

No caso dos revestimentos e pisos retificados, após a queima, a placa cerâmica passa por um processo de corte nas laterais feito por rebolos de diamante e que garantem dimensões finas e precisas, permitindo um alinhamento completo durante a instalação. Com esse tipo de recorte, é possível assentar o material encostando-se as peças umas nas outras.

Porcelanatos retificados podem ter divisões quase imperceptíveis

Porcelanatos retificados podem ter divisões quase imperceptíveis

Também chamadas de juntas secas, esse é o tipo de acabamento onde o material fica rente um no outro, observando que, na prática, deve-se manter um espaçamento mínimo de pelo menos 1,5 mm para dilatação e a argamassa deve ser super flexível.

Já o bold é o produto tradicional e aquele que não passou pelo processo de corte de rodas, por isso não possui em suas laterais sua superfície tão precisa quanto o retificado, portanto, são materiais que têm preço mais acessível devido à simplicidade de sua produção. Estes produtos devem sempre ser assentados junto com um mínimo de 3 mm ou o que é especificado pelo fabricante .

Banheiros com pouca ventilação: dicas para acabar com umidade

No post anterior, falamos em como a argamassa pode ser utilizada para evitar a problemas de infiltrações no piso. Mas a infiltração pode aparecer em outros lugares. Em geral, surge em lugares chamados de “áreas úmidas”, como banheiros, cozinhas e áreas de serviço.

Pouca ventilação ou muito vapor também podem danificar revestimentos

Pouca ventilação ou muito vapor também podem danificar revestimentos

Uma vez detectada a causa de vazamento é necessário para fazer a reparação tão rapidamente quanto possível para evitar a danificação móveis ou revestimentos . A falta de revestimentos ou impermeabilização adequadas é uma das principais causas do problema. Mas também o problema pode ser causado por má instalação de portas e janelas permitindo a entrada de água da chuva, além de instalação incorreta da tubagem e acessórios para projetos de água .

A forma mais eficiente de evitar a umidade nos revestimentos é fazer uma impermeabilização completa na casa ou apartamento. Em banheiros sem janelas ou com pouca ventilação, recomenda-se também a instalação de aparelhos do tipo “Vento Kit”, que drenam a umidade e permitem a manutenção do ambiente em umidade normal.

Calcular a quantidade de rejunte por metro de piso ou azulejo

Como calcular a quantidade de rejunte por metro quadrado

Como calcular a quantidade de rejunte por metro quadrado

Uma dúvida muito comum na hora de comprar o revestimento para parede ou piso de seu banheiro é a quantidade de material complementar que deve ser utilizado. Porém, é bastante simples fazer o calculo para descobrir quantos quilos de rejunte você irá gastar para assentar os pisos ou azulejos.

Você irá gastar em média, para cada metro quadrado do piso ou azulejo que desejar assentar, cerca de 1/3 de um pacote de 1 kg do rejunte (aproximadamente 350 gramas). Ou seja, cada pacote de 1 quilo de rejunte irá servir para revestir 3m² da área de seu banheiro.

Por isso, considere as seguintes referências:

  • 1kg de rejunte = 3m²
  • 5kg de rejunte = 15m²
  • 10kg de rejunte = 30m²

Esse é apenas um valor de referência, que pode ter variações devido ao espaçamento entre as peças, o tamanho das placas ou a espessura das peças.

E não se esqueça de calcular a quantidade de argamassa que deve utilizar para revestir seu banheiro.