O que é junta seca?

A junta seca é uma técnica para instalar ou assentar seu piso sem rejuntes. É feito utilizando o mínimo de espaçamento possível entre as peças, e com porcelanatos, granitos, pedras naturais ou sintéticos com o corte reto – que permite que o piso seja assentado sem necessidade de rejuntes.

Os rejuntes, como já sabemos, serve para proteger o vão entre as peças. Quando colocadas bem próximas, sua função é minimizada. Para isso ser obtido a peça tem que ser de alta qualidade, ou seja suas dimensões devem ser constantes.

Uma recente tendência, é preciso saber quando vale a pena usar esse tipo de aplicação. Geralmente, as juntas secas só são recomendadas em caso dos materiais mais nobres, recomendados acima, que permitem o corte preciso e sofrem menor dilatação, sendo pouco reativas a mudanças de temperatura – dispensando o uso de juntas mais largas.

Juntas secas: dispensam rejunte e tornam acabamento mais nobre

Juntas secas: dispensam rejunte e tornam acabamento mais nobre

As juntas secas já vem recortadas de fábrica, padronizadas. Seus cortes costumam ser bastante precisos, principalmente quando comparado as cerâmicas normais, dispensando a necessidade de harmonização da peça. Devido ao cuidado na instalação, entretanto, deve-se recorrer ao apoio de um profissional para executar o assentamento das peças.

É importante evitar esse tipo de uso em áreas molhadas – a infiltração pode acabar danificando a cola da argamassa e gerando infiltração se a superfície de baixo não estiver impermeabilizada.

 

Espaçadores de azulejo: o que são e pra que servem

Espaçadores de plástico garantem melhor acabamento

Espaçadores de plástico garantem melhor acabamento

O espaçador de azulejo é uma peça de plástico com a finalidade de auxiliar na instalação de azulejos ou revestimentos. Além de facilitar o trabalho, garante o acabamento mais refinado pois garante os espaços idênticos entre as peças cerâmicas.

Em vários tamanhos disponíveis, sua escolha dependerá do tipo de cerâmica a ser instalado. Cada peça, exige uma distância mínima para as demais peças na instalação, que garantem a dilatação e evitam trincas. A peça escolhida deve ser maior ou igual ao espaçamento mínimo requerido. O objetivo desta peça é para facilitar a liquidação , manter o alinhamento das peças e permitir a expansão das partes que absorvem a água, evitando problemas. As medidas disponíveis normalmente são entre 1mm a 10 mm.

Uma novidade interessante é o uso do espaçador de plástico transparente que tem sido amplamente utilizado porque pode ser deixado entre as peças . Em tamanhos de até 4 milímetros, e espaços ocos em seu interior, ele é facilmente coberto pelo rejunte na hora do acabamento.

Espaçadores de azulejo determinam o espaço e a junta de dilatação das cerâmicas

Espaçadores de azulejo determinam o espaço e a junta de dilatação das cerâmicas

Como assentar o piso e revestimento

A primeira dica é para otimizar a instalação é a escolha do piso. Saber as medidas do ambiente x o tamanho das peças cerâmicas a serem instaladas. Esse trabalho prévio é importante para evitar muitos recortes e definir a partir de que ponto deverá ser iniciada a paginação do piso.

Para ambientes maiores, as peças de 80x80cm ou até 1x1m são recomendadas. Porém, essas peças, por serem grandes e de difícil manuseio devem ser instaladas com pelo menos duas pessoas trabalhando.

A segunda parte do trabalho consiste em decidir como as peças serão instaladas. Em ambientes quadrados, por exemplo, pode valer a pena a instalação reta – ou seja, alinha-se a peça com a parede. Em casos de ambientes fora de esquadro ou com muitos recortes, a instalação diagonal pode ser mais adequada. Pode ser necessário fazer o recorte de algumas peças para cobrir toda área. Nesse caso, um cortador de azulejo será necessário.

Espátula dentada para argamassa

Espátula dentada para argamassa

Em seguida, deve se saber a distância de colocação entre as peças, seguindo as instruções do fabricante da cerâmica. Utilize os espaçadores plásticos para garantir que as peças fiquem bem instaladas, sem espaços irregulares.

Depois, prepare a argamassa e aplique com uma espátula dentada – essa espátula irá garantir melhor aderência entre cerâmica e superfície. Faça a mistura conforme as indicações do fabricante e o tipo de local onde você irá aplicar.

Por fim, instale as peças, aguarde secar conforme as instruções e não trafegue na área. Após a secagem da argamassa é a hora da aplicação do rejunte entre os azulejos e esperar secar.