Qual tinta usar para pintar azulejos?

Repintura de azulejo
Repintura de azulejo

Ao optar por uma pintura de azulejos, é possível escolher diversas opções de tinta no mercado. As mais comuns são os esmaltes epóxi ou as tintas acrílicas para pintura de pisos ou azulejos.

A escolha entre uma dessas tintas dependerá dos seguintes fatores:

  • Uso do banheiro
  • Exposição à umidade
  • Tipo de acabamento desejado
  • Tipo de tráfego (no caso de pisos)

A tinta acrílica para azulejos é indicada para os ambientes com menor uso, pois tem sua durabilidade comprometida em casos de muita umidade. Banheiros com pouca circulação de ar e frequentemente usados para banhos quentes que promovem muito vapor. Por outro lado, é de aplicação mais simples e é mais barata que o époxi. Na maioria das vezes é vendida como um monocomponente.

No caso da tinta epóxi, é possível encontrar o produto em diversas variações. Podem ser vendidas como conjuntos de compostos separados: esmalte e catalisador, ou também como monocomponentes.

Embora de aplicação mais complexa, a tinta epóxi é mais resistente à abrasão – ou seja – desgastes provocados pelo atrito. Isso significa que ela resiste melhor em ambientes de maior tráfego, e portanto, mais indicada para pinturas de piso.

Tinta epóxi para pintura de azulejos: tire suas dúvidas

Pintar os azulejos é uma maneira mais econômica e rápida de fazer uma transformação em seu banheiro. Um dos produtos mais indicados para realizar esse tipo de procedimento no revestimento de seu banheiro é a tinta epóxi.

pintura-de-banheiro-com-tinta-epoxi
Aplicada com o rolo a tinta epóxi fica melhor

Com boa aderência às superfícies cerâmicas, a tinta epóxi tem alta resistência a umidade e produtos químicos, e por isso é altamente indicada para a pintura de azulejos e pisos. Por ser um composto resinado, a tinta epóxi ainda ajuda a proteger o seu revestimento de infiltrações nos rejuntes e do descolamento das placas cerâmicas.

Existem diversas variações do produto, incluíndo compostos específicos para a pintura rápida, atóxica e sem cheiro. Apesar de pouco mais cara, apresenta vantagem para quem precisa de reformar banheiros ou cozinhas rapidamente e não pode sair da residência.

Para quem está na dúvida entre se o melhor é o uso da tinta epóxi ou a tinta acrílica para pisos e azulejos, vale observar as diferenças: enquanto a tinta acrílica possui melhor preço, a tinta epóxi ganha em durabilidade e melhor aderência às cerâmicas dos revestimentos. Já em comparação com a reposição do azulejo (entre custos de removação, recolocação e materiais), a tinta epóxi é a opção mais econômica.

Colorido, pode! Solução divertida e rápida para transformar
Colorido, pode! Solução divertida e rápida para transformar

Vendidas de várias formas, as tintas epóxis podem ser compradas em conjunto de componentes (separada em catalisador, diluente, fundo e esmalte), ou nos chamados “monocomponentes”, que já são misturas prontas para o uso.

Sobre a pintura, a tinta epóxi deve ser preferencialmente aplicada com rolo. E, dependendo do tipo de cerâmica a receber a pintura, podem ser necessárias até quatro demãos para ter cobertura completa e homogênea do produto.

Pisos e azulejos com impressão digital

Impressão digital: com texturas e veios a cerâmica imita a madeira
Cerâmica com impressão HD imitando piso em madeira

A alta tecnologia chegou também na indústria de pisos e revestimentos: com a novidade da impressão digital nos pisos é possível reproduzir diferentes padrões e texturas em cerâmicas.

Assim, passam a ser possíveis pisos cerâmicos que replicam diferentes tipos de padronagem com perfeição: imitando madeira, pedras, granitos ou mesmo estampas de papéis de parede. Podendo ser aplicados em paredes e pisos é uma ótima opção para revestir o seu banheiro.

Com o benefício de um cuidado simplificado e um custo de instalação menor, esse tipo de piso vem ganhando espaço no mercado. Ao contrário das versões “imitação” de pisos produzido antigamente, a impressão em altíssima resolução permite maior fidelidade do material, deixando imperceptível a diferença.

Além da reprodução fiel, a impressão permite com que se faça peças com maiores variações entre si, quando necessário – aproximando das diferenças de veios e tonalidades de madeiras e materiais como o granito.

Interessado nesse tipo de piso? Saiba mais sobre os Cuidados com pisos e azulejos de impressão digital.

Como evitar problemas de umidade nos revestimentos?

Banheiros são lugares naturalmente úmidos, e a falta de uma circulação adequada do ar, faça com que os revestimentos e pisos fiquem por muito tempo expostos a essa umidade.

Impermeabilização de banheiros
Principalmente as áreas do boxe e o piso devem ser impermeabilizadas

Principalmente em regiões frias e úmidas, e em banheiros cuja saída de ar foi mal projetada, é comum que os banhos quentes somados com a pouca circulação favorece o desgaste dos revestimentos causado pelo vapor constante infiltrando rejuntes e a alvenaria por traz dos revestimentos.

Os problemas da umidade podem causar consequências no próprio banheiro como descolamento dos azulejos, desgastes e mofo nos rejuntes, estufamento das peças cerâmicas ou mesmo nas paredes adjacentes, como manchas na pintura, bolhas e mofo.

Por isso, em situações desse tipo, o recomendado é fazer a impermeabilização antes da colocação dos revestimentos e piso. Existem diferentes tipos de impermeabilizantes – os mais comuns são dos tipo vernis (que podem ser aplicados como uma tinta após o reboco e antes da aplicação do rejunte) ou os produtos que podem ser misturados diretamente ao cimento, aplicados juntamente ao reboco.

Cemitérios de Azulejo em São Paulo

Mapa com os principais endereços de Cemitério de Azulejo
Endereços de lojas para reposição de azulejos antigos.

Cemitérios de azulejo são a melhor alternativa para quem quer repor peças de revestimento sem ter que trocar todo o azulejo, ou então, para aqueles que procuram peças exclusivas e vintage.

Para saber um pouco mais sobre essas lojas, acesse nosso post sobre os Cemitérios de Azulejos.

Quem mora em São Paulo, pode achar lojas desse tipo, ou os famosos “cemitérios” de cerâmica, nos seguintes endereços:

Centro
Museu do Azulejo
Rua Tamandaré, 104 – Liberdade, São Paulo, 01525-001
(11) 2081-0234
Site

Zona Oeste
Azulejos Antigos Cardeal
R. Cardeal Arcoverde, 2953 – Pinheiros, São Paulo, 05407-004 ‎
(11) 3031-1646
Site

Zona Sul
Pisos e Azulejos antigos
Av.Santo Amaro, 1845 – Moema, São Paulo, 04505-003
(11) 5044-6288
Site

Zona Leste
Cemitério dos Azulejos
Av. Celso Garcia, 5635 – Tatuape, São Paulo, 03063-000 ‎
(11) 2296-0859
Site

Zona Norte
Museu dos Azulejos
Rua Dr. Zuquim, 1433 – Santana, São Paulo, 02035-020
(11) 2973-3672

Onde encontrar: Cemitério de Azulejo

Foto de uma loja do tipo "Cemitério de Azulejo"
Cemitério de azulejo: essas lojas de aspecto bagunçado são a salvação para quem quer evitar quebradeira

Muitas vezes, os azulejos mais antigos sofrem com o tempo e é comum que surjam rachaduras ou que peças se “descolem” da argamassa e se quebrem.

Nesse caso, quando isso acontece só há duas opções: trocar todas as peças do banheiro ou procurar um cemitério de azulejo. Apesar do nome fúnebre, essas casas são a salvação de quem precisa encontrar peças específicas de azulejo para repor ou mesmo para fazer um revestimento vintage com peças exclusivas.

Especializadas em peças que não existem mais no mercado, essas lojas oferecem, além da variedade, a possibilidade da compra unitária das peças. Assim, com um baixo custo, o revestimento pode ser consertado.

Os azulejos são vendidos em torno de R$2.00 podendo chegar até R$40, por unidade, dependendo da raridade e idade da peça (quanto mais antiga, mais rara e portanto, mais cara). Nos cemitérios de azulejo é possível encontrar peças de 10 até 40 anos de fabricação.

Confira a lista de endereços onde você pode encontrar um cemitério de azulejos:

Cemitérios de Azulejo em São Paulo

Cemitérios de Azulejo em Curitiba (em breve)

Cemitérios de Azulejo no Rio de Janeiro (em breve)

Cemitérios de Azulejo em Belo Horizonte (em breve)

Cemitérios de Azulejo em Salvador (em breve)

Como fazer: pintura de azulejo

Uma das maneiras mais rápidas, fáceis e econômicas de mudar a aparência do revestimento do banheiro é fazendo a pintura das peças cerâmicas. Ótima opção para quem não gosta dos azulejos que tem em casa, a pintura proporciona uma mudança completa sem o tradicional quebra-quebra das reformas.

Você pode fazer a pintura por conta própria, mas precisa se ater nos seguintes itens: o azulejo não deve ter nenhuma pintura anterior (se tiver, confira o post Como fazer a repintura de azulejos), além de estar limpo e seco.

Vamos ao passo a passo:

1) Comece pela escolha da tinta: existem esmaltes indicados para azulejos e pisos que terão ou não contato com a água. Será necessário o uso de uma tinta base – normalmente encontrada sob o nome de fundo epóxi – que serve para melhorar a fixação do produto.

Pintura de azulejo com tinta epóxi
Pintura de azulejo com tinta epóxi

2) O primeiro passo é a limpeza da superfície com detergente neutro e água. Após o procedimento, passe um pano seco e espere um tempo para garantir que a parede estará livre de qualquer umidade.

3) Para iniciar o processo, utilize a tinta de base – ou o chamado fundo para tinta epóxi branco – diluído e aplicado conforme as instruções dos fabricantes . É importante observar que o preparado époxi é o mais indicado para esse tipo de pintura, pois é a substância que melhor se adere na superfície das cerâmicas e resistirá ao uso e umidade de seu banheiro.

4) Após a aplicação passe cuidadosamente a primeira demão de esmalte epóxi de acordo com a recomendação do produto. Cubra os azulejos e rejunte. Espere secar (recomenda-se 24 horas entre as aplicações) e passe a segunda demão. Ao secar, se necessário, pode reaplicar a tinta ainda uma terceira vez.

5) Aguarde secar e mantenha a pintura limpando a superfície somente com água e sabão neutro. A tinta é resistente mas é necessário evitar o uso de esponjas ou escovas que podem danificar a superfície, além dos produtos abrasivos.

 

Pintura de rejunte: pintar entre azulejos pode mudar a cara de seu banheiro

Mude a cara das pastilhas ou azulejos do seu rejunte
Mude a cara das pastilhas ou azulejos do seu rejunte

Seu banheiro tem azulejos e pastilhas em bom estado, mas você queria mudar a aparência dele sem gastar muito? Ou o rejunte ficou sujo, e o banheiro não tem mais aquela carinha de novo?

Além da tinta PVA, já é possível encontrar em lojas de material de construção algumas tintas específicas para este fim, que além de pintar tratam o rejunte tornando-o mais duradouro.

A pintura deve ser feita com a superfície limpa, livre de mofo ou sujeira. Você pode escolher as cores de acordo com a cor da sua cerâmica – escolha um tom igual ou parecido para uniformizar a parede, ou invista em algo colorido contrastando com a cor original.

Na hora de pintar o rejunte, não se preocupe com a sujeira nos azulejos: quando secar, a tinta irá ficar somente no rejunte e poderá facilmente ser removida com água, sabão neutro e uma esponja.

Rejunte de azulejos e pisos
Rejunte de azulejos e pisos

Banheiro rosa: femininos, delicados ou super sofisticados

Uma das cores mais ousadas para decorar seu banheiro, o rosa pode ser utilizado em revestimentos, papéis de parede, pastilhas de vidro ou cerâmica ou até em tinta époxi para mudar a aparência de azulejos mais antigos.

São muitas idéias, e cada uma pode trazer uma personalidade completamente diferente para o seu banheiro. Confira:

banheiro-com-pintura-rosa-bebe
A pintura rosa na parede iluminou o banheiro e fugiu do branco sem graça
banheiro-feminino-com-parede-pink
Parede pink no banheiro e zebras: super feminino
banheiro-pink-com-paredes-pintadas
O rosa pode ser utilizado para cobrir as paredes – de qualquer material – e dar um ar sofisticado e feminino ao banheiro
moveis-e-acessorios-rosa-e-revestimentos-brancos
Não quer arriscar no revestimento rosa? Sem problemas: móveis e acessórios pinks deixam o banheiro com o mesmo efeito
papel-de-parede-e-detalhes-em-rosa-mudam-cor-do-banheiro
Rosa no papel de parede do banheiro, na porta e os acessórios
paredes-pretas-e-revestimento-de-pastilhas-rosas
Super sofisticada: revestimento de pastilhas pinks e o preto
tinta-epoxi-no-azulejo-para-transformar-banheiro-em-rosa
A parede rosa e o azulejo pintado com tinta epoxi da mesma cor dão o charme ao banheiro
rosa-queimado-com-acessorios-modernos
O rosa queimado fica chique na medida com acessórios modernos
pastilhas-cor-de-roas-clara
Pastilhas cerâmicas em rosa claro tiram a mesmice do banheiro
pastilhas-rosas-revestindo-pisos-e-paredes
Pra quem não enjoa: tudo revestido de pastilhas cor de rosa

Calcular quantidade de argamassa por metro quadrado

Como calcular quantidade de argamassa por metro quadrado
Como calcular quantidade de argamassa por metro quadrado

Já falamos sobre como calcular a quantidade ideal de rejunte quando comprar e escolher seu piso – porém, não é só de rejunte que se faz um revestimento de banheiro. 🙂

Desempenadeira dentada utilizada para aplicar a argamassa
Desempenadeira dentada utilizada para aplicar a argamassa

Como a argamassa funciona como a “cola”que irá fazer seu azulejo ou piso aderir a superficie, a quantidade utilizada, porém, é bem maior. Toda a superfície deve ser coberta, de preferência em uma camada uniforme de argamassa – distribuída com a ajuda de uma desempenadeira dentada – que irá ajudar você a uniformizar a aplicação e depois a criar as ranhuras que vão facilitar a aderência.

Na hora de comprar, portanto, é necessário considerar que a proporção de argamassa é de 4m² para cada saco de 20kg – aproximadamente. Com esse valor como referência, você conseguirá saber o quanto de argamassa deverá comprar pra revestir seu banheiro.