Como remover mofo do rejunte do banheiro

Em banheiros com muito uso e pouca ventilação, é comum a umidade ficar mais alta e com tempo surgem fungos que escurecem os rejuntes. Quando isso acontecer, dois passos devem ser tomados: o primeiro é a recuperação da área escurecida, o segundo é tentar identificar e combater as causas de umidade.

Dica para acabar com mofo no rejunte

Dica para acabar com mofo no rejunte

A primeira medida, é refazer o rejunte utilizando o rejunte epóxi – ele é mais resistente à ação da água que o rejunte acrílico ou cimentício convencional. Se esse já é o seu caso, então a pintura é a segunda opção.

Já existem no mercado materiais próprios para a pintura de rejunte, como o produto Zapt, da Fortaleza Tintas, que serve para refazer a pintura ou mesmo trocar a cor do rejunte. Além da tinta própria, esses produtos costumam vir com aplicadores especiais que facilitam seu uso nos rejuntes.

Com a pintura feita, você pode utilizar por fim produtos preventivos, que protegem o rejunte tornando menos permeáveis a ação da água sujeira ou mofo. Um desses produtos é o Ferma Protec, da marca Quartzolit.

Como escolher espaçadores para pisos e azulejos

Uma dúvida comum na hora de fazer a instalação do piso ou revestimento em um banheiro, é qual espaçador escolher. Os espaçadores de plástico são ótimos para quem quer o acabamento perfeito, pois garantem o alinhamento entre as peças sem dificuldade.

Espaçadores de cerâmica para piso e revestimento

Espaçadores de cerâmica para piso e revestimento

Essa peça objetiva auxiliar o assentamento, manter o alinhamento entre peças e permitir a dilatação das peças que absorvem água, de forma a evitar trincas e estufamento do piso.

Existem diversos tipos no mercado, e sua principal variação diz respeito ao tamanho das peças e à largura dos espaçadores – cada tipo de piso exige uma junta de dilatação diferente. A junta de dilatação mínima vem especificada na peça, e seu espaçador deve ser maior ou igual a essa largura – são encontrados espaçadores de 1mm até 10mm.

Depois de escolher o tamanho, você pode optar pelas peças convencionais – mais em conta – ou pelas peças transparentes. A segunda tem a vantagem de poder permanecer no piso ou parede, sendo cobertas e ficando invisíveis após a aplicação do rejunte.

Porcelanato retificado é melhor?

Um porcelanato (ou até mesmo um piso) ser retificado diz respeito ao aspecto de suas bordas. Retificados, como o nome diz, tem bordas retas – ao contrário dos porcelanatos não retificados, que são chamados “bold”.

Porcelanato retificado unifica o visual

Porcelanato retificado unifica o visual e dispensa muito rejunte em sua instalação

De modo geral, os porcelanatos se diferem dos pisos convencionais por serem compostos cerâmicos de maior qualidade e durabilidade – divergindo inclusive em sua materia prima principal: enquanto são feitos de massa de argila branca, as cerâmicas tradicionais usam argila vermelha.

No caso do tipo de borda, os retificados são mais valorizados no mercado porque seu acabamento – usando as chamadas juntas secas – são mais primorosos. Isso porque os porcelanatos retificados devem ter juntas de dilatação bem pequenas, normalmente 1mm. Já os pisos ou porcelanatos com bordas tradicionais costumam precisar em média de 8mm de dilatação.

Nesse aspecto, o retificado se torna uma excelente escolha porque além de mais bonito economiza na quantidade de rejunte necessária e evita problemas que podem ser causados por bordas de dilatação mais largas, como, por exemplo, mofo ou escurecimento no rejunte.

Pra que serve o rejunte ou as juntas de dilatação

Rejunte de azulejos e pisos

Rejunte de azulejos e pisos

Praticamente toda instalação de pisos e revestimentos cerâmicos exige o uso de juntas de dilatação, sob as quais o rejunte precisa ser aplicado. Mas afinal, para que servem essa juntas? E qual a função do rejunte?

Em primeiro lugar, precisamos entender a função das juntas: sua função primordial é evitar rachaduras nas peças, absorvendo as dilatações causadas pela variação de temperatura. Nota-se que o espaçamento entre as peças é variável, cada fabricante e material tem seu espaçamento recomendado.

Enquanto o rejunte serve para preencher essas juntas e evitar que elas se descolem da argamassa, além de garantir a higiene. Associadas, a dupla garante além dos atributos já citados uma estética melhor, o preenchimento adequado da argamassa e uma eventual facilidade para remover e trocar as peças individualmente.

Pisos sem rejunte

Quer colocar um piso na sua casa mas quer evitar o rejunte? Existem algumas opções possíveis para sua obra. A escolha final vai depender do efeito esperado, preço e tipo de ambiente que você vai usar.

Conheça as opções possíveis:

1. Juntas secas: A técnica permite a instalação de granitos, porcelanatos e outras pedras que vem retificadas de fábrica, sem a necessidade de se usar rejunte. As peças são assentadas quase sem espaço, uma vez que esses materiais dispensam as juntas de dilatação.

2. Cimento queimado: A depender da área, o cimento queimado pode ser utilizado sem a necessidade de juntas. Porém, deve-se procurar mão de obra altamente especializada, pois a condição do contrapiso e o trabalho realizado pode ficar com rachaduras em caso de dilatação.

3. Resina: As resinas além de alto nivelantes dão sensação de amplitude pois permitem a aplicação homogênea da cor escolhida, criando um efeito contínuo bastante bonito.

4. Granilite: A granilite é uma combinação de resina e granito moído, altamente resistente, deve ser instalado por mão de obra especializada e pode ser aplicado na versão polida e fulget, mais áspera e indicada para áreas molhadas por ser antiderrapante;

Pisos sem rejunte ampliam o ambiente e dão efeito sofisticado

Pisos sem rejunte ampliam o ambiente e dão efeito sofisticado

O que é junta seca?

A junta seca é uma técnica para instalar ou assentar seu piso sem rejuntes. É feito utilizando o mínimo de espaçamento possível entre as peças, e com porcelanatos, granitos, pedras naturais ou sintéticos com o corte reto – que permite que o piso seja assentado sem necessidade de rejuntes.

Os rejuntes, como já sabemos, serve para proteger o vão entre as peças. Quando colocadas bem próximas, sua função é minimizada. Para isso ser obtido a peça tem que ser de alta qualidade, ou seja suas dimensões devem ser constantes.

Uma recente tendência, é preciso saber quando vale a pena usar esse tipo de aplicação. Geralmente, as juntas secas só são recomendadas em caso dos materiais mais nobres, recomendados acima, que permitem o corte preciso e sofrem menor dilatação, sendo pouco reativas a mudanças de temperatura – dispensando o uso de juntas mais largas.

Juntas secas: dispensam rejunte e tornam acabamento mais nobre

Juntas secas: dispensam rejunte e tornam acabamento mais nobre

As juntas secas já vem recortadas de fábrica, padronizadas. Seus cortes costumam ser bastante precisos, principalmente quando comparado as cerâmicas normais, dispensando a necessidade de harmonização da peça. Devido ao cuidado na instalação, entretanto, deve-se recorrer ao apoio de um profissional para executar o assentamento das peças.

É importante evitar esse tipo de uso em áreas molhadas – a infiltração pode acabar danificando a cola da argamassa e gerando infiltração se a superfície de baixo não estiver impermeabilizada.

 

Espaçadores de azulejo: o que são e pra que servem

Espaçadores de plástico garantem melhor acabamento

Espaçadores de plástico garantem melhor acabamento

O espaçador de azulejo é uma peça de plástico com a finalidade de auxiliar na instalação de azulejos ou revestimentos. Além de facilitar o trabalho, garante o acabamento mais refinado pois garante os espaços idênticos entre as peças cerâmicas.

Em vários tamanhos disponíveis, sua escolha dependerá do tipo de cerâmica a ser instalado. Cada peça, exige uma distância mínima para as demais peças na instalação, que garantem a dilatação e evitam trincas. A peça escolhida deve ser maior ou igual ao espaçamento mínimo requerido. O objetivo desta peça é para facilitar a liquidação , manter o alinhamento das peças e permitir a expansão das partes que absorvem a água, evitando problemas. As medidas disponíveis normalmente são entre 1mm a 10 mm.

Uma novidade interessante é o uso do espaçador de plástico transparente que tem sido amplamente utilizado porque pode ser deixado entre as peças . Em tamanhos de até 4 milímetros, e espaços ocos em seu interior, ele é facilmente coberto pelo rejunte na hora do acabamento.

Espaçadores de azulejo determinam o espaço e a junta de dilatação das cerâmicas

Espaçadores de azulejo determinam o espaço e a junta de dilatação das cerâmicas

Diferença entre porcelanatos e revestimentos retificados e bold

Porcelanatos, pisos e revestimentos podem ser retificados ou bold. A diferença entre eles irá determinar a forma como eles serão aplicados e como ficará o acabamento. Vamos entender as diferenças entre os dois tipos de produto.

No caso dos revestimentos e pisos retificados, após a queima, a placa cerâmica passa por um processo de corte nas laterais feito por rebolos de diamante e que garantem dimensões finas e precisas, permitindo um alinhamento completo durante a instalação. Com esse tipo de recorte, é possível assentar o material encostando-se as peças umas nas outras.

Porcelanatos retificados podem ter divisões quase imperceptíveis

Porcelanatos retificados podem ter divisões quase imperceptíveis

Também chamadas de juntas secas, esse é o tipo de acabamento onde o material fica rente um no outro, observando que, na prática, deve-se manter um espaçamento mínimo de pelo menos 1,5 mm para dilatação e a argamassa deve ser super flexível.

Já o bold é o produto tradicional e aquele que não passou pelo processo de corte de rodas, por isso não possui em suas laterais sua superfície tão precisa quanto o retificado, portanto, são materiais que têm preço mais acessível devido à simplicidade de sua produção. Estes produtos devem sempre ser assentados junto com um mínimo de 3 mm ou o que é especificado pelo fabricante .

Como limpar azulejos e rejuntes?

Banheiro com cara de velhinho, acabado? Nem sempre a resposta é reformar e quebrar tudo. Uma boa limpeza nos azulejos e rejuntes por fazer milagre pelo seu banheiro, além de ser uma solução mais rápida e econômica, principalmente para quem mora em imóveis alugados.

Além disso, quem não gosta de uma banheiro completamente limpo e brilhante, como em produtos de limpeza comercial? Manter o banheiro limpo dá trabalho, mas não é uma tarefa impossível.

Em banheiros mais antigos, azulejos são o principal foco de sujeira devido ao tempo, mas nada que uma boa limpeza não resolva. Veja as nossas dicas para se livrar de toda a sujeira que fica nos azulejos. A tarefa se divide em duas partes, a limpeza das peças cerâmicas (azulejos) e a limpeza (ou pintura, quando for o caso, do rejunte).

Limpeza dos azulejos: dilua um removedor – há várias opções que você pode comprar direto no supermercados – na água, na proporção de 1 parte de removedor para 3 partes de água. Passe sobre o azulejo com a ajuda de um pano de saco velho ou pano .

Utilize uma escova para remover sujeira no rejunte

Utilize uma escova para remover sujeira no rejunte

Limpeza dos rejuntes: utilize uma escova de dente embebida em saponáceo abrasivo (tipo Sapólio ou marcas similares) e enxague bem. Evite repetir o procedimento muitas vezes, do contrário poderá danificar o rejunte. Se a sujeira permanecer o ideal é realizar a repintura do rejunte.

Como fazer reparo de rejunte em pisos e azulejos

Depois de algum tempo, é normal o rejunte ficar poroso ou com falhas, colocando em risco a sua segurança (pois permite o aparecimento de fungos e pode ajudar a descolar as placas cerâmicas) e a durabilidade do seu revestimento.

Por isso, conheça o passo-a-passo para restaurar o rejunte de seu banheiro:

Como restaurar rejunte de azulejo

Como restaurar rejunte de azulejo

1) Utilize uma chave de fenda e remova com cuidado todo o trecho de rejunte que está rachada, danificada ou porosa.

2) Entre a parede e os azulejos, verifique se também parte da argamassa foi removida. Peças que tem som oco ao toque devem ser cuidadosamente avaliadas. Reaplique a argamassa onde julgar necessário, e pressione com cuidado a peça. Você deve fazer o rejunte de acordo com as instruções que vem no pacote.

3) Espere secar totalmente a argamassa, sempre seguindo as instruções do fornecedor.

4) Quando seco, aplique o rejunte preferencialmente com um chinelo de borracha (tipo Havaianas) ou uma espátula emborrachada especial para rejunte, preenchendo todos os espaços. Não se preocupe em sujar as peças de cerâmica.

5) Com uma esponja úmida faça movimentos circulares sobre o azulejo para remover, assim o excesso do rejunte sobre o revestimento, mas com cuidado para não tirar ele dos sulcos entre as peças.

6) Por fim, espere uma hora para secar e passe um pano limpo e seco para limpar novamente as peças cerâmicas e aguarde secar.  esperar uma hora e limpar os azulejos com um pano limpo. Aguarde e lave os azulejos, após dois dias.

Veja mais posts:

1 2