Posso usar textura e grafiato no banheiro?

Grafiato no banheiro requer cuidado para evitar mofo

Grafiato no banheiro requer cuidado para evitar mofo

Os revestimentos cerâmicos, pedras naturais, porcelanatos e pastilhas são os protagonistas mais comuns dos revestimentos para banheiro. No entanto, outras possibilidades podem ser utilizadas para mudar a cara do seu banheiro.

Os grafiatos ou texturas passaram a ser utilizados e ganharam mais espaço na decoração dos banheiros. Normalmente mais resistentes que a pintura sobre a parede lisa, as paredes feitas com grafiato podem atender a vários estilos.

Quando em tons mais neutros e combinadas com estilo mais clean dos acessórios e louças, pode ganhar ares contemporâneos. Nas versões de cores mais fortes e combinadas com materiais que lembram cerâmicas vermelhas ou madeiras, ganham aspecto mais rústico.

Alguns cuidados entretanto devem ser tomados com grafiatos nos banheiros: o primeiro deles é evitar a área do box – devido aos relevos, a umidade pode entrar dentro das frestas e permitir o aparecimento de mofo. Um gel impermeabilizante também deve ser aplicado na parede, após a pintura e uma escova de cerdas macias deve ser utilizada para se manter a limpeza eventual das frestas.

 

Parede lisa: esconder azulejos com massa e pintura

Revestimentos em todo o banheiro tem se tornado coisa do passado. Cada vez mais vemos belos banheiros projetados restringindo o uso dos azulejos. Se esse faz seu estilo, mas você foge de uma quebradeira, é possível uma solução mais simples, econômica e elegante.

Com massa e pintura, é possível fazer uma transformação completa no banheiro sem todas as dores de cabeça de uma “reforma convencional”. Tornar a parede de azulejos uma superfície lisa não é um processo tão difícil: com o material certo e planejamento.

Para ocultar os relevos da peça cerâmica e os rejuntes entre a peça, o primeiro passo é fazer a limpeza da parede com detergente neutro e esperar até que esteja completamente seca. Em seguida, aplicar a massa acrílica, que ao contrário da massa corrida, comumente usada para paredes de alvenarida, adere à superfície cerâmica.

Aguarde secar e daí para frente o processo é o mesmo de uma parede convencional: lixar e pintar. Eventualmente, a primeira camada da massa pode não deixar a parede totalmente lisa, nesse caso, é só lixar e aplicar uma segunda vez a massa, antes da tinta.

Veja como a transformação pode mudar radicalmente seu banheiro:

Antes e Depois: pintura de azulejo com massa

Antes e Depois: pintura de azulejo com massa

 

Qual tinta usar para pintar azulejos?

Repintura de azulejo

Repintura de azulejo

Ao optar por uma pintura de azulejos, é possível escolher diversas opções de tinta no mercado. As mais comuns são os esmaltes epóxi ou as tintas acrílicas para pintura de pisos ou azulejos.

A escolha entre uma dessas tintas dependerá dos seguintes fatores:

  • Uso do banheiro
  • Exposição à umidade
  • Tipo de acabamento desejado
  • Tipo de tráfego (no caso de pisos)

A tinta acrílica para azulejos é indicada para os ambientes com menor uso, pois tem sua durabilidade comprometida em casos de muita umidade. Banheiros com pouca circulação de ar e frequentemente usados para banhos quentes que promovem muito vapor. Por outro lado, é de aplicação mais simples e é mais barata que o époxi. Na maioria das vezes é vendida como um monocomponente.

No caso da tinta epóxi, é possível encontrar o produto em diversas variações. Podem ser vendidas como conjuntos de compostos separados: esmalte e catalisador, ou também como monocomponentes.

Embora de aplicação mais complexa, a tinta epóxi é mais resistente à abrasão – ou seja – desgastes provocados pelo atrito. Isso significa que ela resiste melhor em ambientes de maior tráfego, e portanto, mais indicada para pinturas de piso.

Tinta epóxi para pintura de azulejos: tire suas dúvidas

Pintar os azulejos é uma maneira mais econômica e rápida de fazer uma transformação em seu banheiro. Um dos produtos mais indicados para realizar esse tipo de procedimento no revestimento de seu banheiro é a tinta epóxi.

pintura-de-banheiro-com-tinta-epoxi

Aplicada com o rolo a tinta epóxi fica melhor

Com boa aderência às superfícies cerâmicas, a tinta epóxi tem alta resistência a umidade e produtos químicos, e por isso é altamente indicada para a pintura de azulejos e pisos. Por ser um composto resinado, a tinta epóxi ainda ajuda a proteger o seu revestimento de infiltrações nos rejuntes e do descolamento das placas cerâmicas.

Existem diversas variações do produto, incluíndo compostos específicos para a pintura rápida, atóxica e sem cheiro. Apesar de pouco mais cara, apresenta vantagem para quem precisa de reformar banheiros ou cozinhas rapidamente e não pode sair da residência.

Para quem está na dúvida entre se o melhor é o uso da tinta epóxi ou a tinta acrílica para pisos e azulejos, vale observar as diferenças: enquanto a tinta acrílica possui melhor preço, a tinta epóxi ganha em durabilidade e melhor aderência às cerâmicas dos revestimentos. Já em comparação com a reposição do azulejo (entre custos de removação, recolocação e materiais), a tinta epóxi é a opção mais econômica.

Colorido, pode! Solução divertida e rápida para transformar

Colorido, pode! Solução divertida e rápida para transformar

Vendidas de várias formas, as tintas epóxis podem ser compradas em conjunto de componentes (separada em catalisador, diluente, fundo e esmalte), ou nos chamados “monocomponentes”, que já são misturas prontas para o uso.

Sobre a pintura, a tinta epóxi deve ser preferencialmente aplicada com rolo. E, dependendo do tipo de cerâmica a receber a pintura, podem ser necessárias até quatro demãos para ter cobertura completa e homogênea do produto.

Como fazer: pintura de azulejo

Uma das maneiras mais rápidas, fáceis e econômicas de mudar a aparência do revestimento do banheiro é fazendo a pintura das peças cerâmicas. Ótima opção para quem não gosta dos azulejos que tem em casa, a pintura proporciona uma mudança completa sem o tradicional quebra-quebra das reformas.

Você pode fazer a pintura por conta própria, mas precisa se ater nos seguintes itens: o azulejo não deve ter nenhuma pintura anterior (se tiver, confira o post Como fazer a repintura de azulejos), além de estar limpo e seco.

Vamos ao passo a passo:

1) Comece pela escolha da tinta: existem esmaltes indicados para azulejos e pisos que terão ou não contato com a água. Será necessário o uso de uma tinta base – normalmente encontrada sob o nome de fundo epóxi – que serve para melhorar a fixação do produto.

Pintura de azulejo com tinta epóxi

Pintura de azulejo com tinta epóxi

2) O primeiro passo é a limpeza da superfície com detergente neutro e água. Após o procedimento, passe um pano seco e espere um tempo para garantir que a parede estará livre de qualquer umidade.

3) Para iniciar o processo, utilize a tinta de base – ou o chamado fundo para tinta epóxi branco – diluído e aplicado conforme as instruções dos fabricantes . É importante observar que o preparado époxi é o mais indicado para esse tipo de pintura, pois é a substância que melhor se adere na superfície das cerâmicas e resistirá ao uso e umidade de seu banheiro.

4) Após a aplicação passe cuidadosamente a primeira demão de esmalte epóxi de acordo com a recomendação do produto. Cubra os azulejos e rejunte. Espere secar (recomenda-se 24 horas entre as aplicações) e passe a segunda demão. Ao secar, se necessário, pode reaplicar a tinta ainda uma terceira vez.

5) Aguarde secar e mantenha a pintura limpando a superfície somente com água e sabão neutro. A tinta é resistente mas é necessário evitar o uso de esponjas ou escovas que podem danificar a superfície, além dos produtos abrasivos.